RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS, MAPEAMENTO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PROPOSTA DE INSTRUMENTO PARA PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA NA QUESTÃO AMBIENTAL NO BAIRRO DA MARAMBAIA, BELÉM-PA


 

Autor:

MOACIR JOSÉ MORAES PEREIRA

 

Orientador:

MARCELO PETRACCO

 

Palavras Chaves:

Resíduos Sólidos – Pará
Geoprocessamento
Gestão ambiental
Meio Ambiente
Sociedade

 

Linha de Pesquisa:

Ambiente e Sociedade

 

Projeto Estruturante:

Epistemologias, diversidades e formação humana

 

Instituição:

PROFCIAMB UFPA

 

Ano: 2018

Resumo:

 

Nas culturas urbanas podemos observar estreita relação com o consumo de produtos de origem industrial, que geram resíduos que, quando não são dispostos e tratados de forma adequada, impactam consideravelmente o meio ambiente urbano. A população do bairro da Marambaia, situado em Belém do Pará, com mais de 65.000 habitantes, tem sofrido com problemas ambientais relacionados ao despejo irregular e da gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos – RSU. Nesse sentido, esse estudo apresenta uma plataforma de mapeamento de pontos de despejo irregular de RSU no bairro da Marambaia, utilizando técnicas de geoprocessamento, ferramentas computacionais e estímulo à participação de escolas do bairro via mapeamento participativo e colaborativo, além de pesquisa de campo e aplicação de questionários junto às escolas. Alguns resultados alcançados mostram que a percepção ambiental é uma relevante forma de análise e deve ser considerada para processos de gestão e educação ambiental. Para o mapeamento, observou-se que os locais com maior presença de pontos de despejo irregular de RSU são espaços públicos. Foi possível identificar que há importante porcentagem de moradores que optam por contratar pessoas denominadas “carrinheiros” para se desfazerem de parte dos resíduos sólidos produzidos em suas residências, contribuindo para a problemática ambiental. Nos pontos de despejo irregular de RSU identificados, mais de 60% deles apresentam materiais economicamente aproveitável, o que possibilitaria a implantação de programas de coleta seletiva e reciclagem de materiais, através da criação de Eco Pontos. As atividades de educação ambiental contribuíram para a formação de multiplicadores de informações sobre a problemática dos resíduos sólidos no bairro.

Visualizar/Abrir Download – Dissertação